Menu fechado

ORÇAMENTOS DE OBRAS

Entenda tudo sobre orçamentos de Obras

Compartilhe no Facebook

Entenda tudo sobre orçamentos de obras

Compartilhe no Facebook

Os orçamentos de uma obra é o primeiro passo para começa-la. Por ser a primeira coisa a ser feita, o orçamento é muito importante e precisa ser pensado com cuidado pois é ele que determina os números dentro da execução da obra e funciona como uma forma de manter o controle dos gastos.

Um orçamento mal feito pode comprometer a obra. Por isso, neste post você acompanha 7 dicas primordiais para fazer um orçamento e não encontrar problemas mais a frente. Continue lendo para saber mais.

4 dicas para fazer orçamentos de obras sem erros

  1. Conheça o terreno onde será executada a obra: Ao engenheiro responsável pela obra é preciso compreender como se comporta aquele espaço (relevo, condições do solo, etc) antes de executar o projeto. O orçamento de obra precisa ser feito depois da vistoria do terreno, já que não deve sofrer alterações depois que se inicia o serviço.
  2. Tenha em mãos o projeto da obra: Para que seja possível calcular todos os gastos da obra, o projeto precisa estar bem detalhado e ser entregue ao profissional responsável por ela. O profissional analisará quais serão os materiais necessários e então calculará com precisão o quanto será gasto.
  3. Depois da análise acerca dos materiais, é preciso contar quanto será necessário. Certamente a quantidade exata dos materiais que serão utilizados na obra precisa constar no documento. N
  4. o levantamento de quantidades entram os custos de materiais de todas as áreas da construção, desde a fundação aos acabamentos.
  5. A partir da quantização de materiais, precisam ser elencados os serviços. No orçamento, os serviços também entram categorizados desde a fundação aos acabamentos.

Mais 4 dicas

  1. Analise os custos diretos: O próximo passo é analisar os preços. A composição do preço unitário (CPU) é a montagem dos custos de cada serviço da obra. A CPU serve para descobrir qual o custo da execução de 1m³ de concreto, por exemplo.
  2. Assim, além de conhecer os materiais também é preciso saber qual o nível de produtividade da equipe envolvida na obra. Por isso, a parte que envolve a CPU cabe  um profissional da área com muita experiência em obras.
  3. Analise os custos indiretos: Além dos custos diretos, os indiretos também precisam entrar na conta. Estes custos variam de uma obra para outra, e são indispensáveis. São custos indiretos a água, energia, internet, máquinas e outros custos “implícitos” na obra.
  4. Outro tipo de despesa indireta é o BDI (bonificações e despesas indiretas), onde entram lucros e impostos. O BDI incide sobra o valor de todas as composições de preço unitário (CPU). Organize uma planilha de obra: Para que tudo isso citado acima seja organizado e nenhum detalhe passe em branco, uma planilha de obra é essencial. Caso seu orçamento possua erros, problemas graves podem acontecer durante a construção. Cada obra tem sua adversidade, e se o orçamento não for devidamente estruturado, as coisas podem sim sair do controle.

Conclusão

A organização de um orçamento de obra é primordial para que ela aconteça tranquilamente — independente do tipo de obra. É por isso que todo o processo de execução do orçamento deve ser feito por alguém que entende dos processos e de obras, já que serão muitos serviços inseridos no documento.

Muitas vezes a criação do orçamento pode parecer fácil, mas é preciso muita atenção e conhecimento na área. Repetindo sempre: cada obra é diferente, e quem prepara o orçamento precisa estar ciente das adversidades.

Compartilhe no Facebook


Aprenda a fazer orçamentos de obras com cautela e sem gastos exagerados. Clique no link abaixo e garanta o seu Curso Online Completo: Orçamento de Obras na Prática + BÔNUS ESPECIAL. Com passo a passo e dicas que farão você conquistar muitos clientes e ainda lucrar com merecimento. http://alexwetler.com.br/orcamentonapratica?ref=T7217264V

CONHEÇA NOSSOS CURSOS:
https://joaoabreueng.com.br/cursos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *